As 10 competências mais buscadas pelos empregadores em um profissional

20130813160329_660_420

Um levantamento realizado pelo LinkedIn entre 1º de janeiro e 1º de dezembro de 2015 listou as competências mais buscadas pelos empregadores em um profissional. A pesquisa entrevistou empresários de 10 países, entre eles o Brasil, os Estados Unidos, a índia e a França. 

 Reprodução

A computação em nuvem e distribuída ganhou destaque no ano passado e apareceu pela primeira vez no ranking.

Brasil
Enquanto a Análise Estatística e Mineração de Dados aparece em segundo lugar no ranking mundial, no Brasil a habilidade lidera a preferência dos empregadores. Outra tendência é o Desenvolvimento Mobile, que aparece em 2º lugar na lista, um aumento de 9% em relação ao mesmo período de 2014.

Reprodução

Microsoft confirma problema que pode fazer cabo do Surface Pro pegar fogo

2014052pg

A Microsoft confirmou informações vazadas no meio da semana de que praticamente todos os donos das primeiras três versões do Surface Pro precisam trocar o cabo de força do tablet para não correrem o risco de ver o dispositivo pegar fogo.

A companhia descobriu que, quando contorcidos ou apertados com muita força, os cabos podem superaquecer, causando choques ou até incêndios. “Embora não haja informações sobre danos sérios, um pequeno número de clientes reclamou sobre essa questão e estamos tomando medidas para resolver”, afirmou a Microsoft em comunicado.

Nos Estados Unidos e Canadá, todos que adquiriram Surface Pro, Surface Pro 2 ou Surface Pro 3 até 15 de março de 2015 precisam efetuar a troca. No resto dos mercados onde os produtos estão à venda a substituição vale para compras até 15 de julho do mesmo ano. O processo pode ser encontrado neste link.

O Brasil fica de fora, uma vez que o produto não está à venda no país. O primeiro Surface Pro foi lançado na primeira metade de 2013 e o Surface Pro 2 saiu no fim daquele ano. Já o Surface Pro 3 chegou no meio de 2014, tendo sido substituído recentemente pelo Surface Pro 4.

Fonte: Olhar Digital

Aviso: Microsoft encerra suporte ao Windows 8 nesta terça-feira

20160111183158_660_420

Se você ainda está no Windows 8, é um bom momento para abandoná-lo de vez. O suporte para o sistema operacional se encerra nesta terça-feira, 12, o que o sistema deixará de receber atualizações e se tornará inseguro, já que possíveis brechas não serão mais vedadas pela Microsoft.

Assim, é uma boa ideia realizar a atualização para o Windows 8.1, que pode ser feita gratuitamente. O update para o 8.1 também dá acesso ao Windows 10, que também pode ser instalado sem custo adicional até o fim de julho de 2016. Quem não quiser atualizar estará exposto a diversos riscos.

Normalmente, a Microsoft dá dez anos, ou até mais em casos excepcionais, de suporte aos seus sistemas operacionais. O Windows 8, lançado em 2012, não terá a mesma sorte por causa de uma particularidade da versão 8.1.

O site ZDNet explica que a empresa considera o 8.1, de 2013, um “service pack” do Windows 8, e não um outro sistema operacional. As regras permitem que os usuários adiem por até dois anos a instalação deste pacote de serviços, mas depois disso eles estão por conta própria.

Portanto, se você tem um PC com Windows 8, atualize-o se não quiser ficar vulnerável. O update para a versão 8.1 expande o suporte até 2023. Se quiser ir além e instalar o Windows 10, receberá suporte até 2025. Até mesmo fazer o downgrade para o Windows 7 garante mais tempo de suporte, já que os planos da Microsoft vão até 2020.

Apesar de ser um fracasso comercial e ter participação pífia no mercado em comparação com outras versões do Windows, não é possível negligenciar o Windows 8. Os estudos mais recentes estimam que entre 2% e 3% dos desktops e laptops no mundo rodam a versão 8 do sistema. De um total estimado de 1,5 bilhão de máquinas, isso totalizaria entre 30 milhões e 40 milhões de computadores. Trata-se de um público enorme que deve ficar desprotegido a partir desta terça-feira.

Via ZDNet